quinta-feira, 22 de novembro de 2012

a ver montras

Eu sou assim, uma pessoa cheia de contradições paradoxos.
Adoro roupa mas não tenho a menor pachorra para andar nas compras e gosto de comprar sozinha.
Tenho saudades de quando trabalhava em Lisboa, de passar pelas lojas e, sem estar à procura de nada, ir encontrando o que queria.
Os muitos anos a trabalhar desterrada nos arrebaldes de Sintra quase me levaram à loucura (muito mato, muito vento... a natureza em excesso dá cabo de mim) e roubaram-me o prazer de passear pelas lojas.
Adiante.
Gosto de andar por aqui online, a ver blogs, a ver os sites das marcas, a achar que quero preciso imeeenso de mais isto e mais aquilo, mas desalapar o rabo do sofá para o shopping é que tá quieto.
(e o Dolce Vita aqui tão perto! apre centro comercialzinho mais deprimente e de lojas minúsculas!)
Já o meu homem é um shoppaholic, valha-me deus que criei um metrossexual, adora a Primark, um gajo que adora a Primark, onde já se viu?!
(claro que ele é forreta, deve ser por isso)
Ele gosta de ir às lojas, de experimentar, de deixar a peça  na loja, de vir para casa pensar, de voltar à loja e voltar a experimentar e de me obrigar a estar lá à seca espera para lhe dar a opinião.
Eu pratico uma técnica de shopping assertiva, que consiste em chegar ao centro comercial pelas dez e meia da manhã de domingo, largar o homem entre a Primark e a Worten, estratégia delineada, GPS a marcar o caminho mais rápido, sapatos loja A e B, vestidos loja C, D e E, corredor central esquerdo, cuecas e meias a meio caminho... NUNCA experimento nada e numa hora e meia, duas no máximo, estou de lá para fora cheia de sacos.
E exaurida, a precisar duma massagem e duma tisana, que isto de ver muitas pessoas e de lidar com empregadas de loja dá-me cabo dos nervos.
(desculpem, as empregadas de loja são na sua grande maioria BURRAS e ANTIPÁTICAS e INCOMPETENTES! Paradas, paradinhas... DAH!)
Dificilmente entro numa loja nova porque, lá está, não tenho tempo.
O que vale é que pratico este desporto uma vez por mês e me dou por falida satisfeita.
O que agora gosto muito e acho relaxante é ir até ao pinterest brincar um bocadinho e encontrar aqueles outfits prêt-à-porter feitos por gente com gosto no polyvore e toca de pinnar.
O que eu gosto daquilo!
Agora faz de conta que sou a Scarlet executiva e tenho de ir trabalhar, agora sou a Scarlet princesa e olha-me este vestido de noite, agora é fim de semana e sou a Scarlet casual, mas sábado é girls night out e sou a Scarlet galdéria party girl... e pronto, distraio-me imenso a brincar aos closets virtuais, isto de pinnar é bom.


9 comentários :

  1. Bem, o teu rapaz é raro mesmo! lolol
    O meu odeia tudo isso.
    Eu também sou como tu, à medida que vou passando nas lojas vou encontrando o que quero. Às vezes lá vou à procura de algo mais específico e aí corro o shopping.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente ele agora já não se cola a mim nem insiste para eu experimentar! ;)

      Eliminar
  2. Hahaha! Adoro-te :D

    Olha, na minha companhia é dificílimo fazer da nobre arte da compra, um prazer. Tem que ser tudo rápido, tipo arrastão, solitário e eficaz. E detesto chegar a casa e arrumar sacos, por mim, se não fossem os seguranças cheios de paranóias, levava um trolley e poupava-se em papel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho esse problema, deixo os sacos no chão da entrada e vou descansar... mas depois a gata começa a meter o focinho e lá vou eu antes que haja asneira. Adorei essa ideia! Já me estou a ver a desfilar a mil à hora com o chariot atrás! :D

      Eliminar
  3. por aqui ele tb leva mt mais tempo q eu...ai as indecisões... eu sou mais tipo, vou agora e pronta tá safo.

    ResponderEliminar
  4. Adorei Adorei Adorei
    Alguém como eu!!! Odeio compras!!! Agora tenho feito algumas pela net ;)

    ResponderEliminar
  5. Ai Scarlet, não sabia de ti assim, olha pensei que fosses exactamente o contrário. Eu cá compreendo-te, shopingar não é para mim, declaro-me não fashion, ou as coisas me aparecem assim e compro e gosto mas não tenho experimentar, ou está quieto. Ai fico doente, 2 horas num shopping, luzes, e pessoas e baralho.. é de ficar isaurida!
    P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois a parte divertida é que toda a gente acha que eu ando sempre metida nas lojas ;)

      Eliminar

Obrigada pelo comentário ☺