segunda-feira, 5 de novembro de 2012

crónicas da vódrasta

Domingo foi dia de ler histórias e de tomar chá de mousse de chocolate (o presente de anos preferido foi um carrinho com um serviço de chá e café e bolinhos - o rapaz revela vocação hoteleira - e acho que foi a primeira vez que ele se apercebeu do que é mousse de chocolate).
Lemos os 3 porquinhos e o lobo mau, os 7 cabritinhos e o lobo mau, o capuchinho vermelho e o lobo mau.
E assim que eu tentava mudar de história, ele perguntava:
"e o lobo?"
Claro que depois de lhe tentar explicar que  histórias giras, daquelas mesmo giras que a vódrasta gosta não têm lobos, fui confrontada com uma infinidade de porquês.
"Porque eu não gosto de lobos, nem de bruxas, nem de fantasmas!"
E o meu menino escarlate, muito seguro dos seus 3 anos e 8 dias de vida, fez-me uma festinha na cara e respondeu muito sério: "mas não precisas de ter medo, são a fingir".
Ufa! Ainda bem!

13 comentários :

  1. Tão querido. AS crianças são maravilhosas. O meus mais novo tem 3 anos e meio e diz coisas que me derretem toda...
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  2. Que delícia, querida vódrasta! :))
    Deixa-o pensar que não existem, mesmo, por muitos e muitos anos, sim?
    Beijinhos grandes a para o menino escarlate e para a vódrasta. :)

    ResponderEliminar
  3. Vódrasta!!!! Existem filhos e netos sucedaneos só de chocolate. Como ficam nessa história os avós a sério?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Anónimo, avós a sério são todos os que dão o amor de avós.
      Da mesma maneira que mãe a sério não é necessariamente aquela que dá à luz.
      Mas, respondendo à questão, neste caso concreto, os avós 'a sério' ficam no lugar deles. Têm um papel muito presente na vida do neto, exceto os avós paternos que nunca o quiseram ver.
      Pela minha parte delicio-me com estes pequenos momentos entre vódrasta e enteaneto e tentarei estar sempre presente na vida dele para o acarinhar ajudar a crescer e a ser feliz.
      Felizmente ele é um menino cheio de sorte, com uma família cheia de 'sucedâneos' que o amam.

      Eliminar
    2. Ora cá está ele! É a glória! E têm sempre coisas tão profundas a dizer... :DDD

      Eliminar
    3. Confesso que gostei do sucedaneos :D :D :D

      Eliminar

Obrigada pelo comentário ☺